Notícias de saúde

Vitamina D na gestação diminui risco de asma em crianças?

07 de abril de 2020 (Bibliomed). Um estudo anterior indicava que a suplementação pré-natal de vitamina D poderia prevenir asma e sibilância recorrente em crianças pequenas, o que sugeriu que a suplementação proporcionava um efeito protetor aos três anos de idade. Em um novo estudo, as crianças foram agora acompanhadas até os seis anos de idade para determinar a evolução da asma e chieira recorrentes.

Buscou-se avaliar o impacto da suplementação materna de vitamina D durante a gravidez (as mães receberam 4.400 UI [grupo D de vitamina] ou 400 UI [grupo controle] de vitamina D3 por dia), sendo examinada a incidência de asma e chiado recorrente aos seis anos de idade.

Os pesquisadores descobriram que nem na análise da intenção de tratar nem na estratificação de acordo com o nível materno de 25-hidroxivitamina D durante a gravidez, houve um efeito da suplementação materna de vitamina D na asma e no chiado recorrentes. A suplementação de vitamina D também não teve efeito na maioria dos resultados secundários pré-especificados. Observou-se um efeito muito pequeno na resistência das vias aéreas, medido por oscilometria de impulso, embora a significância desse achado fosse incerta.

Assim, este novo estudo, publicado na revista The New England Journal of Medicine, indicou que entre as crianças em risco de asma, a suplementação pré-natal de vitamina D não afeta a incidência de asma ou sibilância recorrente aos seis anos de idade.

Fonte: N Engl J Med 2020; 382:525-533.

Copyright © Bibliomed, Inc.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários