Notícias de saúde

Índia coloca 1,3 bilhão de pessoas em quarentena

27 de março de 2020 (Bibliomed). O governo da Índia ordenou, na terça-feira (24 de março), que seus habitantes fiquem em casa por 21 dias. A medida restringirá os movimentos de cerca de 1,3 bilhão de pessoas. O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, anunciou um "bloqueio total" em um discurso transmitido nacionalmente. Existem mais de 500 casos na Índia e pelo menos 10 mortes.

Durante o pronunciamento, Modi afirmou que o coronavírus está se espalhando cada vez mais rápido, apesar de todos os esforços, e que não há outra maneira de permanecer seguro contra o vírus a não ser interrompendo o ciclo de infecção.

Todos os estabelecimentos comerciais, fábricas, oficinas e templos religiosos da Índia serão fechados. Em alguns locais, a polícia impôs interdições e toques de recolher. Voos domésticos e internacionais, bem como serviços de trens e ônibus estão suspensos na tentativa de deter a disseminação. O governo anunciou, também, um pacote financeiro de emergência de US$150 bilhões.

Pesquisadores norte-americanos sugerem que, se o vírus mantiver seu ritmo de propagação, a estimativa é que o número de infecções na Índia chegue a 1,3 milhão até meados de maio.

Fonte: United Press International. 24 de março de 2020.

Copyright © Bibliomed, Inc.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários