Publicidade

Notícias de saúde

Estudo aponta melhora na sobrevida de pacientes com câncer de próstata

24 de agosto de 2012 (Bibliomed).  O exame de Antígeno Prostático Específico (PSA, em inglês) é utilizado para o rastreio e detecção de câncer de próstata e sua introdução no calendário de exames anuais para homens tem levado a uma monitoração e detecção precoce de cancros.

Estudo publicado no The Journal of Urology mostra que a sobrevivência de pacientes com câncer de próstata aumentou desde que o exame PSA começou a ser feito.

Ao longo das últimas três décadas, a National Cancer Institute (NCI) e o Southwest Oncology Group têm realizado vários ensaios clínicos sobre câncer e sobre a sobrevida dos pacientes. Um desses estudos, realizado de 1985 a 1986, mostra que a sobrevida média dos pacientes com câncer de próstata era de 30 meses após a detecção do tumor. Em outro estudo, realizado de 1989 a 1994, a sobrevida aumentou para 33 meses, e em um terceiro, que envolveu pacientes diagnosticados entre 1995 e 2009, a sobrevida foi de 49 meses. Estudos recentes mostram uma diminuição de 30% no risco de morte em comparação com o estudo de 1985.

Os estudos mostraram que homens afro-americanos apresentaram menores tempos de sobrevida no primeiro estudo (27 meses contra 30 meses dos homens brancos), mas que essa diferença diminuiu no último estudo (48 meses contra 49 meses dos homens brancos).

Os pesquisadores acreditam que a melhora na sobrevida se dá devido a uma maior conscientização dos homens sobre o câncer de próstata e a melhoria nos comportamentos de saúde, como a visita regular a médicos e exames.

Fonte: EurekAlert!, 23 de agosto de 2012.

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: