Publicidade

Notícias de saúde

Doença celíaca não é tratada adequadamente

26 de julho de 2012 (Bibliomed).  A doença celíaca ocorre no sistema digestivo e é caracterizada pela não tolerância à proteína glúten. Assim, pacientes com diagnóstico de doença celíaca não podem consumir alimentos que tenham tal proteína. Segundo especialistas, o número de diagnosticados é muito menor do que o de pessoas afetadas pela doença. A falta de diagnóstico pode causar problemas graves, levando inclusive à morte, pois a pessoa consome alimentos que seu organismo não consegue processar corretamente.

De acordo com estudo publicado na revista Clinical Gastroenterology and Hepatology, publicação oficial da Associação Americana de Gastroenterologia (AGA), os exames pelos quais os pacientes passam são, muitas vezes, inadequados e altamente variáveis. Dessa forma, os pacientes com doença celíaca não recebem acompanhamento ideal.

Para a realização do estudo, os pesquisadores da Clínica Mayo, nos Estados Unidos, coletaram dados de 122 pacientes com diagnóstico de doença celíaca entre 1996 e 2006. Desses, 70% eram mulheres e a média de idade foi de 42 anos. Os pesquisadores determinaram a frequência com que os pacientes realizaram exames de acompanhamento. Entre 113 pacientes que foram seguidos por mais de quatro anos, apenas 35% receberam acompanhamento análises que eram consistentes com as recomendações da AGA.

Para os pesquisadores da Clinica Mayo, médicos e pacientes precisam estar cientes da necessidade de acompanhamento da doença celíaca, já que essa é uma enfermidade crônica com possibilidade de complicações a longo prazo. 

O tratamento existente para a doença celíaca consiste na adoção de uma dieta rígida e livre de glúten. Como isso é difícil de conseguir, o acompanhamento médico regular se faz fundamental.

Fonte: EurekAlert!, 25 de julho de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: