Publicidade

Notícias de saúde

Cesarianas aumentam risco de obesidade infantil

28 de maio de 2012 (Bibliomed). Crianças nascidas por cesarianas têm duas vezes mais risco de desenvolver obesidade aos três anos de idade do que aquelas que nasceram de parto normal. A conclusão é de estudo realizado no Boston Children’s Hospital, nos Estados Unidos, e vem reforçar estudos anteriores que mostraram os benefícios do parto normal sobre o controle do peso.

A equipe do Boston Children’s Hospital acredita que a cesariana possa afetar a flora bacteriana do aparelho digestivo da criança, modificando a forma como o alimento é digerido. De acordo com os pesquisadores, podem existir diferenças entre a composição dessa flora nas crianças nascidas de parto normal ou de parto cesário. Pesquisas anteriores mostram que a cesária aumenta a ocorrência de alergias nas crianças.

O estudo atual envolveu crianças que tiveram seu peso e tamanho medidos ao nascer e aos três anos de idade. Destes, 25% haviam nascido de parto cesário e o restante de parto normal.

Os resultados mostraram que as mulheres que fizeram cesárias tinham peso mais elevado do que aquelas que passaram por parto normal, o que influenciava na tendência a obesidade de seus bebês. As crianças nascidas de parto normal apresentam índice de obesidade maior do que os de parto normal.

Outra pesquisa, realizada no Brasil pela Universidade de São Paulo (USP), mostrou que adultos com 25 anos de idade que nasceram de parto cesariano têm 58% mais chances de se tornarem obesos do que os de parto normal.

Fonte: Diário da Saúde, 24 de maio de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: