Publicidade

Notícias de saúde

Câncer terminal é tratado de forma muito agressiva

11 de abril de 2012 (Bibliomed). Estudo publicado na revista especializada Health Affairs afirma que tanto aqueles considerados como os melhores hospitais dos Estados Unidos, quanto os hospitais menores, tratam o câncer em fase terminal de maneira muito semelhante.

De acordo com o estudo, quando se trata de cuidar de pacientes terminais de câncer, os hospitais em geral não conseguem atender de forma consistentes às recomendações dos órgãos competentes para os cuidados de pacientes no fim da vida.

Segundo a Dra. Nancy E. Morden, do  Dartmouth Institute for Health Policy and Clinical Practice , as politicas que devem ser adotadas para os pacientes em fase terminal incluem menores taxas de utilização de unidades de terapia intensiva (UTI) e de quimioterapia nos últimos 14 dias de vida, na medida do possível o paciente deve ficar em casa e os cuidados paliativos devem ser realizados a cada três dias.

De acordo com a especialista, seguir as orientações é importante para manter a qualidade de vidados pacientes com baixa expectativa de vida."Cada hospital tem que examinar os cuidados que presta aos pacientes que se acredita estar se aproximando da morte, e questionar o seu alinhamento com as preferências do paciente - sejam eles para os cuidados de suporte precoce ou tratamento agressivo nos últimos dias de vida", conclui a pesquisadora.

Fonte: UPI, 10 de abril de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: