Publicidade

Notícias de saúde

Felicidade conjugal aumenta a sobrevivência após cirurgia cardíaca

24 de agosto de 2011 (Bibliomed).  Pesquisa publicada no Health Psychology mostra que o casamento está ligado a taxas mais altas de sobrevivência para pessoas que se submeteram a cirurgias cardíacas. Segundo os pesquisadores da Escola de Enfermagem da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, quanto mais feliz for a relação conjugal, maiores são as taxas de sobrevivência.

Para chegar a tais conclusões, os pesquisadores acompanharam 225 pessoas que se submeteram a cirurgias cardíacas entre 1987 e 1990. Quinze anos após a cirurgia, 83% das mulheres em casamentos felizes ainda estavam vivoa, contra 28% das mulheres em casamentos infelizes e 27% das mulheres solteiras.

"Há algo em um bom relacionamento que ajuda as pessoas a se manterem vivas", diz Dra. Kathleen King, coordenadora da pesquisa. Harry Reis, co-autor da pesquisa, afirma que a satisfação conjugal é tão importante para a sobrevivência após a cirurgia de ponte de safena quanto os fatores de risco mais tradicionais, como o uso do tabaco, obesidade e pressão alta. "As mulheres precisam se sentir satisfeitas em seus relacionamentos para colher um dividendo de saúde," explica Reis. "Mas a recompensa para a felicidade conjugal é ainda maior para as mulheres do que para os homens.”

Fonte: UPI, 23 de agosto de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: