Publicidade

Notícias de saúde

AVC e doenças cardíacas matam mais em países em desenvolvimento

13 de julho de 2011 (Bibliomed). Estudo realizado em 192 países mostrou que o acidente vascular cerebral (AVC) e a doença cardíaca estão intimamente relacionadas à renda nacional. Segundo Dr. Anthony Kim e Dr. Claiborne Johnston, da Universidade da Califórnia, os países em desenvolvimento tendem a contabilizar mais mortes e casos de invalidez por AVC do que por doenças cardíacas quando comparados aos países com maior renda.

Dr. Kim lembra que as doenças cardíacas são responsáveis pelo maior número de mortes no mundo, mas ressalta que existe uma grande variação pelo mundo. Dados do estudo mostram que a taxa de óbito por AVC, para cada cem mil habitantes, varia de 25 na ilha de Seychelles a 249 no Quirguistão. Nos Estados Unidos, a taxa é de 45 mortes pode cada cem mil habitantes.

Tanto o AVC quanto as doenças cardíacas são causadas pela diminuição do fluxo sanguíneo, ou restrição desse fluxo aos órgãos vitais. Ambas as doenças tem como fatores de risco a hipertensão, o diabetes, o colesterol alto, a obesidade, a inatividade física e o tabagismo. Contudo, os sintomas são diferentes, assim como as abordagens de cuidados intensivos, o acompanhamento do tratamento, a duração e o custo de recuperação.

O estudo, publicado na revista Circulation, diz que essas doenças provocam mais mortes na China e em muitas partes da África, Ásia e América do Sul. Quase 40% dessas nações têm uma carga maior de acidente vascular cerebral em comparação com doenças do coração.

Fonte: UPI, 11 de julho de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: