Publicidade

Notícias de saúde

Relacionamento com o pai afeta decisões da filha quanto à sua sexualidade

17 de junho de 2011 (Bibliomed). Filhas de pais que são bons modelos a serem seguidos têm menos chances de terem comportamentos sexuais arriscados. O pesquisador Bruce J. Ellis, da Universidade do Arizona desenvolveu um estudo que mostra que a influência do pai na vida da sua filha tem impacto nas decisões que a menina faz quanto a sua sexualidade.

Ellis e sua equipe estudaram 59 pares de irmãs de famílias de pais divorciados e 42 pares de irmãs de casais que permaneceram juntos. Os resultados do estudo mostraram que meninas que passaram mais tempo com pais compreensivos e afetuosos tinham um comportamento sexual arriscado reduzido. Já as meninas que passaram mais tempo com pais abusivos e severos tinham esse tipo de comportamento elevado.

“Meninas que recebem uma paternidade de baixa qualidade tendem a terem comportamentos sexuais mais arriscados – sexo sem camisinha, fazer sexo enquanto estiver bêbada, ter parceiros sexuais múltiplos e ficar grávida antes dos 19 anos de idade – na adolescência”, afirma Ellis.

De acordo com o cientista, o seu estudo demonstra que os efeitos genéticos e a dinâmica da família mostram que o relacionamento é baseado em causa e efeito. O relacionamento das filhas é alterado de acordo com o tempo de exposição das meninas a diferentes tipos de pais.

A pesquisa foi publicada no periódico Development and Psychopathology.

Fonte: UPI 15 de junho de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: