Publicidade

Notícias de saúde

Obesidade e uso de veículos estão relacionados, diz estudo

18 de maio de 2011 (Bibliomed). O crescimento da obesidade é proporcional à venda de veículos nos Estados Unidos, aponta estudo realizado pela Universidade de Illinois. Segundo a pesquisa, o crescimento da frota, a partir da década de 1940, contribuiu para que as pessoas se tornassem mais sedentárias, e assim a obesidade começou a se espalhar pelo país.

"Se você olhar nos últimos 60 anos, o automóvel tornou-se nosso principal modo de transporte. Tanto que se observarmos, projetamos nosso modo de vida em torno dele. E esse desequilíbrio energético que o sedentarismo provoca, em última análise pode levar à obesidade”, diz H. Sheldon Jacobson, um dos autores da pesquisa.

Analisando dados de 1985 a 2007, os cientistas descobriram que o crescimento da frota norte-americana está correlacionado ao da obesidade em uma proporção de 99%.

Como as pessoas passam mais tempo dentro de um carro do que praticando atividades físicas, seu gasto de energia fica reduzido. Isso somado às refeições rápidas e altamente clóricas, torna-se uma bomba. "Quando você está sentado em um carro, você não está fazendo nada, assim seu corpo está queimando a menor quantidade de energia possível e se você está comendo alimentos em seu carro, ele se torna ainda pior", alertam os cientistas.

Fonte: UPI, 16 de maio de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: