Publicidade

Notícias de saúde

Abuso infantil pode causar mudanças no cérebro

26 de abril de 2011 (Bibliomed). O abuso físico, emocional ou sexual pode causar alterações na forma como a pessoa responde ao estresse, aumentando o risco de desenvolvimento de depressão em adolescentes.

Em uma pesquisa, cientistas da Queen’s University (Canadá) descobriram que adolescentes que tinham histórico de maus tratos e que sofriam de depressão leve liberavam doses muito maiores de cortisol – o hormônio do estresse – quando em situações psicologicamente estressantes.

A pesquisa sugere que isso acontece porque os jovens que sofreram abuso na infância têm um sistema endocrinológico que responde mal ao estresse, fazendo com que todo o processo entre em colapso em adolescentes deprimidos.

A pesquisadora Kate Harkness explica que a liberação excessiva do cortisol é um problema. “O cortisol mata células em áreas do cérebro que controlam a memória e regulam a emoção. Com o tempo, os níveis de cortisol podem se acumular e aumentar os riscos da pessoa sofrer danos endocrinológicos e depressão mais severa”.

Harkness acredita que os resultados do estudo são muito importantes, por mostrarem como o estresse ambiental pode causar mudanças no funcionamento do cérebro da criança. Essas mudanças podem ser as causas de distúrbios mentais e sua compreensão pode ajudar no tratamento desses distúrbios.

A pesquisa foi apresentada no International Society for Affective Disorders Conference.

Fonte: UPI 25 de abril de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: