Publicidade

Notícias de saúde

Exame de sangue pode detectar primeiros sinais de enfisema

15 de março de 2011 (Bibliomed). No futuro, quando uma pessoa fizer exames de sangue para um check-up anual da saúde, poderá também fazer exames para detectar o desenvolvimento inicial de enfisema, antes mesmo que sintomas se manifestem.

A comunidade médica acredita que esse exame será um auxílio forte para os fumantes que querem abandonar o vício. Como a maioria dos casos de enfisema são causados por cigarros, quando a pessoa ver que já está mostrando sinais de desenvolver a doença pode se sentir motivada a largar o hábito.

“Nós sabemos, de outras pesquisas, que fumantes que descobrem a partir de evidências objetivas que a saúde deles está em perigo têm mais chances de parar. Essa é a única coisa que vai ajudá-los a evitar esse distúrbio mortal”, diz o Dr. Ronald G. Crystal, autor da pesquisa que desenvolveu o teste.

Os alvéolos pulmonares são a parte do pulmão onde acontecem as trocas de gás. À medida que eles são destruídos, o pulmão se torna incapaz de conseguir oxigênio suficiente para abastecer o corpo e de retirar o dióxido de carbono da corrente sanguínea.

Os pesquisadores deduziram que com os danos dos alvéolos, esses liberariam partículas (chamadas de microparticulas endoteliais - EMP) na corrente sanguínea, o que indicaria que estragos estão sendo causados ao pulmão. De acordo com o Dr. Crystal, “nossos vasos sanguíneos estão sempre sendo reabastecidos, então todos nós temos algum nível de EMPs no sangue. O que nós estamos procurando são níveis elevados de EMPs. Para fumantes, esse é o equivalente de um detector de fumaça soando seu alarme; níveis elevados de EMPs sugerem que os alvéolos estão sendo danificados e é hora de agir”.

Nos testes realizados com voluntários em laboratórios, os pesquisadores encontraram uma taxa de 95% de correlação entre níveis elevados de EMPs no sangue e o teste tradicional que detecta a enfisema. Os pesquisadores estão realizando mais estudos e experimentos que confirmem as descobertas iniciais.

O estudo foi publicado em American Journal of Respiratory and Critical CareMedicine.

Fonte: EurekAlert! 11 de março de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: