Publicidade

Notícias de saúde

Bactéria da Disenteria Pode Ajudar a Destruir Alguns Tipos de Câncer

PARIS, 15 set (AFP) - Uma bactéria causadora da disenteria pode ajudar a ciência a destruir alguns tipos de câncer. Atuando sobre o sistema imunológico, faz com que fique em condições de reagir fortemente às células causadoras de tumores, segundo uma pesquiusa realizada pelo Instituto Curie de Paris e publicada no Journal of Immunology.

Uma equipe de cientistas demonstrou a capacidade da toxina do gênero Shigella de aumentar eficazmente e de forma duradoura as defesas do organismo.

"Algumas células sozinhas não bastam para desencadear uma resposta imunológica eficaz, pelo que é preciso incrementar as defesas, fazendo intervir outras células, derivadas da medula óssea e presentes em todos os tecidos, as células dendríticas", explicaram os autores do estudo.

Verdadeiras "sentinelas" do organismo, estas células estimulam os linfócitos T citotóxicos que, depois, se especializarão no reconhecimento e na destruição das células dos tumores.

A toxina do gênero Shigella é uma bactéria responsável pela disenteria aguda. No momento, os testes foram efetuados em ratos, mas depois dos resultados positivos conseguidos, os técnicos farão experiências em células humanas e, se confirmadas as previsões, mais tarde o farão no ser humano.

A utilização de um vetor bacteriano é uma alternativa aos antivirais atualmente estudados, que apresentam riscos de provocar uma enfermidade nos pacientes com deficiência imunológica já que, embora atenuado, o vírus pode, apesar de tudo, multiplicar-se ou se auto-reproduzir.

Este estudo demonstra que numerosos componentes do sistema imunológico poderiam ser eficazmente ativados aumentando assim as possibilidades de se eliminar tumores, precisaram os cientistas em comunicado.

PhC/sd

Agence France-Presse

COPYRIGHT 2000 Agence France-Presse. All rights reserved.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: