Publicidade

Notícias de saúde

Suicídio materno aumenta o risco de tentativas de suicídio nos filhos

23 de novembro de 2010 (Bibliomed). Um estudo publicado na revista Pediatrics verificou se o risco de morbidade psiquiátrica que necessita de cuidados hospitalares é maior para os filhos de pais que cometeram suicídio, comparados com os descendentes de pais falecidos em acidente fatal, e se a associação variou de acordo com o sexo do pai falecido. O estudo foi realizado na Johns Hopkins University, em Baltimore, Estados Unidos, e no Karolinska Institute, em Estolcomo, Suécia.

Crianças e adolescentes (0 a 17 anos de idade) que vivenciaram um suicídio materno (N = 5.600) ou paterno (N = 17.847) foram incluídos. Os filhos de mães suicidas tiveram um risco aumentado de hospitalização por tentativa de suicídio, comparados com filhos de mães falecidas acidentalmente. Filhos de pais suicidas tiveram risco semelhante de internação por tentativa de suicídio, em comparação com filhos de descendentes de pais falecidos em acidente, mas tiveram aumento do risco de hospitalizações atribuídas a transtornos depressivos e de ansiedade. A magnitude dos riscos de hospitalização por tentativa de suicídio foi maior para aqueles que experimentaram o suicídio materno versus paterno, em comparação com os controles (P = 0,05).

Os dados mostraram que o suicídio materno é associado com maior risco de hospitalização por tentativa de suicídio dos filhos. No entanto, o suicídio do pai não está associado com a internação por tentativa de suicídio.

Fonte: Pediatrics, Volume 126, Number 5, 2010, Pages 1026-1032

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: