Publicidade

Notícias de saúde

Abuso de álcool mata 2,5 milhões de pessoas por ano, alerta OMS

09 de setembro de 2010 (Bibliomed). Um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgado neste mês sugere que o uso abusivo do álcool é a causa estimada da morte de 2,5 milhões de pessoas por ano em todo o mundo. Mais de 10% das vítimas seriam jovens com idades entre 15 e 29 anos. O álcool está envolvido, ainda, em 25% dos casos de homicídios em nível mundial.

A Grã-Bretanha é um dos países europeus mais afetados pelo alto nível de consumo de bebidas alcoólicas, segundo o relatório. Em 2009, um milhão de crimes violentos foram relacionados ao consumo abusivo. E os 7 mil atendimentos de emergência devido ao excesso de bebida custaram aos cofres públicos cerca de £ 650 milhões, o equivalente a quase R$ 1,7 bilhão.

Com base no Sistema Global de Informação sobre Álcool e Saúde, a OMS está trabalhando no desenvolvimento de padrões internacionais para medir o uso nocivo da bebida. Para a agência da Organização das Nações Unidas (ONU), o “abuso” do consumo de álcool ocorre quando pessoas acima de 15 anos ingerem “pelo menos 60 gramas ou mais de álcool puro, pelo menos uma vez por semana”. A quantidade equivale a cerca de seis coquetéis alcoólicos.

Utilizando esses dados, a OMS já listou estratégias globais para reduzir o uso nocivo de álcool, que foram aprovadas pela Assembléia Mundial da Saúde em maio passado. Segundo a agência, os governos devem introduzir intervenções para impedir o fácil acesso a bebidas alcoólicas por parte de grupos vulneráveis, revisar leis sobre beber em locais públicos e desenvolver políticas para reduzir a disponibilidade de álcool produzido informalmente. Seria preciso também regulamentar ainda mais a venda de bebidas alcoólicas a jovens.

Fonte: Radio ONU. 03 de setembro de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: