Publicidade

Notícias de saúde

Herpes modificado pode ajudar no tratamento do câncer, aponta pesquisa

20 de agosto de 2010 (Bibliomed). Uma versão geneticamente modificada do vírus do herpes pode ser usada no tratamento de pacientes com câncer de cabeça e pescoço, segundo recente estudo do Instituto de Pesquisa do Câncer do Reino Unido. Em testes com 17 pacientes com os linfonodos afetados pelo câncer, os cientistas descobriram que, após injeções do herpes simplex modificado, o vírus se multiplica dentro das células dos tumores e provoca sua morte, sem afetar as células saudáveis, enquanto estimula o sistema imunológico dos pacientes.

Em artigo recentemente publicado na revista científica Clinical Cancer Research, os pesquisadores destacam que apenas quatro doses do vírus geneticamente modificado, aplicado junto com radioterapia e quimioterapia, provocaram o encolhimento do tumor da cabeça e pescoço de 14 pacientes, além de eliminar os resíduos de câncer no linfonodo de quase todos os participantes. E a maioria não apresentou retorno da doença em 29 meses. Os resultados indicaram, ainda, que os efeitos colaterais apresentados foram poucos e, geralmente, de leves a moderados, incluindo febre e fadiga.

Segundo os especialistas, os resultados apoiam outras pesquisas similares, mostrando o potencial de alguns vírus no tratamento de pacientes com câncer. E essas descobertas são importantes neste contexto, visto que cerca de 700 mil pessoas são diagnosticadas todos os anos no mundo com câncer de cabeça e pescoço, sendo que mais de 40% morrem por causa da doença. No entanto, os especialistas destacam que mais estudos são necessários para confirmação: “Este foi um pequeno estudo, então, os resultados devem ser interpretados com cautela”, concluiu o cientista Kevin Harrington.

Fonte: Clinical Cancer Research. 01 de agosto de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: