Publicidade

Notícias de saúde

Houve queda na incidência e na mortalidade por infarto agudo do miocárdio nos EUA

03 de agosto de 2010 (Bibliomed). Poucos estudos têm caracterizado a evolução demográfica recente da incidência e desfechos de infarto do miocárdio. Foram identificados pacientes de 30 anos de idade ou mais, que foram internados por infarto agudo do miocárdio entre 1999 e 2008 em uma comunidade americana. O estudo foi publicado na revista The New England Journal of Medicine.

Foram identificadas 46.086 internações por infarto agudo do miocárdio durante o follow-up de 1999 a 2008. A incidência ajustada para idade e sexo de infarto do miocárdio aumentou de 274 casos por 100.000 pessoas-ano em 1999 para 287 casos por 100.000 pessoas-ano em 2000, e diminuiu a cada ano subsequente, até 208 casos por 100.000 pessoas-ano em 2008, o que representa uma diminuição de 24% ao longo do período de estudo. 

A incidência ajustada para idade e sexo de infarto do miocárdio com elevação segmento ST, diminuiu ao longo do período de estudo (de 133 casos por 100.000 pessoas-ano em 1999 para 50 casos por 100.000 pessoas-ano em 2008, P <0,001). Mortalidade em trinta dias foi significativamente menor em 2008 do que em 1999 (OR 0,76; IC 95%, 0,65 a 0,89). Os dados mostraram que a incidência de infarto do miocárdio diminuiu significativamente após 2000, e a incidência de infarto do miocárdio com elevação do segmento ST diminuiu sensivelmente após 1999. 

Reduções nas taxas em curto prazo de casos de fatais de infarto do miocárdio parecem ser conduzidas, em parte, por uma diminuição na incidência do IAM com supra de ST e uma menor taxa de mortalidade após um IAM sem supra de ST.

Fonte: The New England Journal of Medicine, Volume 362, Number 23, 2010, Pages 2155-2165

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: