Publicidade

Notícias de saúde

Autocontrole pode ser “contagioso”, aponta estudo

18 de janeiro de 2010 (Bibliomed). O autocontrole – ou a falta dele – pode ser “contagioso”, segundo pesquisadores da Universidade da Georgia, nos Estados Unidos. Em uma série de estudos, envolvendo centenas de voluntários, os pesquisadores descobriram que observar ou simplesmente pensar em alguém com bom autocontrole pode fazer com que as pessoas fiquem mais propensas a exercer o autocontrole. E o contrário também ocorreria.

Publicados recentemente na revista científica Personality and Social Psychology Bulletin, os resultados apontam para um efeito tão forte que apenas o fato de ver o nome de alguém com bom ou mau autocontrole piscando em uma tela por apenas 10 milissegundos poderia modificar o comportamento dos voluntários.

Em um estudo, 71 voluntários assistiram outras pessoas exercerem o autocontrole ao escolher cenouras em lugar de biscoitos em pratos à sua frente, enquanto outros assistiam pessoas comendo os biscoitos ao invés das cenouras. E, em testes posteriores, os pesquisadores observaram que o comportamento do voluntário era diferente, dependendo de qual grupo ele havia observado anteriormente.

Outro estudo incluiu 112 voluntários, que tiveram de escrever sobre um amigo com bom autocontrole, sobre um amigo com autocontrole ruim ou sobre um amigo mais moderado. E, em testes posteriores, aqueles que escreveram sobre o amigo bem controlado tiveram melhores resultados, enquanto os voluntários que haviam caracterizado um amigo com autocontrole ruim tiveram pior desempenho.

Fonte: Personality and Social Psychology Bulletin. 15 de dezembro de 2009.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: