Publicidade

Notícias de saúde

Preconceito prejudica tratamento da infertilidade masculina, alertam especialistas

25 de agosto de 2009 (Bibliomed). Durante muitos anos, a mulher foi considerada a única responsável pela esterilidade ou infertilidade de um casal. Porém, hoje, se sabe que 80% das causas da infertilidade são atribuídas a homens e mulheres de forma igualitária (40% para cada um), e os 20% restantes são fatores relacionados ao casal, segundo especialistas do Instituto Verhum, especializado em fertilidade.

Para os especialistas, o preconceito e a falta de informação prejudicam o tratamento, uma vez que os homens criam resistência para consultar um profissional e realizar exames simples que podem agilizar o diagnóstico. De acordo com os especialistas, parte desse preconceito pode ser explicado pelo fato de ser muito comum confundir impotência com infertilidade.

A impotência é a incapacidade no homem de obter ou manter uma ereção, mas isso não significa que ele tenha algum problema para ter filhos. Já a infertilidade é uma doença dos órgãos reprodutivos que pode afetar homens e mulheres, comprometendo a capacidade de gestação.

"Após o período de 12 meses sem sucesso de gestação é necessário que o casal procure o médico para identificar o problema que está dificultando a gravidez. É recomendado o tratamento com um especialista em reprodução humana, que norteará toda a investigação da fertilidade do casal", explica o médico andrologista Eduardo Pimentel.

Diversos fatores podem comprometer a fertilidade, principalmente aqueles relacionados ao estilo de vida, como o estresse, o uso de anabolizantes, o tabagismo, as drogas e o álcool. O uso de anabolizantes, por exemplo, pode prejudicar o funcionamento dos testículos, resultando em uma produção de espermatozóides com baixa capacidade de fecundação. "Qualquer situação que agrida significativamente os testículos (caxumba, varicocele, infecções, traumas) pode levar um homem fértil a se tornar infértil" explica o médico.

O tratamento para problemas de infertilidade masculina inclui técnicas de fertilização assistida, usando beneficiamento de sêmen, inseminação artificial ou fertilização in vitro, além de cirurgia, nos casos de varicocele (aparecimento de varizes no testículo, atrapalhando a produção de espermatozóides saudáveis).

Fonte: ED Comunicação/ Instituto Verhum. Press release. 24 de agosto de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: