Publicidade

Notícias de saúde

Poluição do ar com o trânsito pode aumentar risco de artrite, diz estudo

19 de março de 2009 (Bibliomed). A poluição do tráfego de veículos pode aumentar o risco de desenvolver artrite reumatóide – doença inflamatória nas articulações –, segundo estudo publicado este mês na revista especializada Enviromental Health Perspectives.

De acordo com especialistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a doença afeta cerca de 1% da população adulta, e o fator genético explica menos de 50% do risco da doença. E alguns estudos já demonstram que a poluição do ar, especialmente as emitidas pelos veículos, podem cumprir um papel na doença ao causar inflamação sistêmica no organismo.

Para avaliar a associação entre a distância de residências para uma estrada ou via de trânsito intenso, como marcador de exposição à poluição do tráfego, e a incidência de artrite reumatóide, os pesquisadores examinaram mais de 90 mil mulheres americanas. E notaram que aquelas que moravam a menos de 50 metros da rodovia tinham 31% maior risco de desenvolver a doença, comparadas com as que moravam a mais de 200 metros do tráfego intenso.

Os resultados indicaram a presença dessa associação tanto entre as fumantes, quanto entre as não-fumantes, e independentemente de a mulher apresentar ou não uma predisposição genética para a doença. Porém, o risco aumentado foi observado apenas para aquelas que viviam a menos de 50 metros de uma via de trânsito intenso.

“A associação observada entre a exposição à poluição do tráfego e a artrite reumatóide sugere que a poluição do tráfego na idade adulta pode ser um novo fator de risco ambiental identificado para artrite reumatóide”, concluíram os autores.

Fonte: Enviromental Health Perspectives. 04 de março de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: