Publicidade

Notícias de saúde

Mudança no estilo de vida pode melhorar impotência sexual, diz estudo

02 de março de 2009 (Bibliomed). Um estudo recente da Universidade de Nápoles, na Itália, indica que mudanças no estilo de vida podem ajudar a reduzir a impotência sexual masculina. “É possível alcançar uma melhora na função erétil em homens sob risco por meio de intervenções não-farmacológicas direcionadas para a perda de peso e o aumento das atividades físicas”, explicaram os pesquisadores.

Segundo os autores, há limitação de dados sobre o papel das mudanças no estilo de vida na disfunção erétil. Por isso, visando esclarecer o efeito dessas intervenções na impotência sexual, eles avaliaram um total de 209 homens com disfunção erétil ou que apresentavam maior risco de ter o problema – 104 receberam conselhos detalhados sobre como reduzir o peso, melhorar a qualidade da alimentação e aumentar as atividades físicas; enquanto 105 receberam apenas informações gerais sobre esses assuntos.

Os resultados indicaram que a função erétil melhorou apenas no prim\eiro grupo, que teve a intervenção para a redução dos fatores de risco. Enquanto a taxa de pessoas com função erétil normal aumentou de 34%, no início do estudo, para 56% após dois anos no grupo da intervenção; ela permaneceu praticamente a mesma para o grupo controle (36% e 38%, respectivamente).

“Havia uma forte correlação entre o ‘escore’ de sucesso e a restauração da função erétil”, explicaram os pesquisadores destacando a importância das atividades físicas, da alimentação saudável e do controle de peso para a vida sexual.

Fonte: UroToday. 25 de fevereiro de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: