Publicidade

Notícias de saúde

Estudo desvenda como doenças inflamatórias causam fadiga

19 de fevereiro de 2009 (Bibliomed). Um novo estudo publicado esta semana no Journal of Neuroscience pode indicar como certas doenças fazem as pessoas se sentirem cansadas e desanimadas. Segundo os autores, embora o cérebro seja normalmente isolado do sistema imunológico, algumas mudanças de comportamento sofridas por pessoas com doenças inflamatórias crônicas são causadas pela infiltração de células imunológicas no cérebro.

As doenças inflamatórias crônicas, como artrite reumatóide (nas articulações), doença inflamatória intestinal, psoríase (na pele) e doença hepática, causam “comportamentos doentes”, incluindo fadiga, mal-estar e perda de interesse social. Porém, os resultados do novo estudo podem ajudar a explicar como a inflamação causa esses problemas e pode oferecer novas formas de melhorar a qualidade de vida desses pacientes.

Em testes com ratos, os pesquisadores descobriram que, em animais com inflamação no fígado, células imunológicas chamadas monócitos infiltravam no cérebro. Segundo os especialistas, a inflamação incitaria células celebrais chamadas microglias a produzir CCL2, substância que atrai os monócitos. Bloqueando as microglias, os cientistas notaram que havia redução na produção do CCL2, e os monócitos não infiltravam no cérebro.

Nos ratos com o problema hepático, a prevenção dessa entrada de células imunológicas no cérebro reduziu o “comportamento doente”, com os animais apresentando mais mobilidade e interação social. E, de acordo com os cientistas, isso mostra que um tratamento orientado para limitar a entrada de monócitos no cérebro pode beneficiar pessoas com doenças inflamatórias.

“O comportamento doente afeta significativamente a qualidade de vida. Nossas descobertas aumentam nosso entendimento e podem gerar potenciais novas pistas para o tratamento desses sintomas muitas vezes incapacitantes”, concluíram os pesquisadores.

 Fonte: Society for Neuroscience. 17 de fevereiro de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: