Publicidade

Notícias de saúde

Estatinas aumentam delírios pós-operatórios em idosos, diz estudo

25 de setembro de 2008 (Bibliomed). Pacientes idosos que tomam estatinas – medicamentos para o controle do colesterol – têm mais chances de ter delírios, segundo estudo da Universidade de Toronto, no Canadá. E, de acordo com especialistas, além de causar ansiedade em pacientes e familiares, os delírios contribuem maior permanência nos hospitais e maior necessidade de cuidados intensivos prolongados.

Em estudo com mais de 284 mil pacientes idosos, os pesquisadores descobriram que um em 14 pacientes tomava estatinas antes de passarem por cirurgia, e um em 90 tinha delírios por causa do medicamento. As análises mostraram que os idosos que tomam estatinas têm um aumento de 28% no risco de apresentar delírios. Além disso, aqueles que se submetem a cirurgias mais longas e aqueles com mais de 70 anos teriam maiores riscos.

“Nossos resultados sugerem que essa associação foi mais do que uma coincidência, particularmente entre pacientes que receberam maiores doses de estatinas e tinham maior duração de cirurgias não-cardíacas”, explicaram os autores.

De acordo com os pesquisadores, essa relação entre o uso de estatinas e o risco de delírio foi distinta e não foi observada com outras drogas de redução dos níveis de lipídios, medicamentos cardiovasculares ou outras medicamentos para doenças crônicas. Por isso, eles recomendam parar o uso das estatinas temporariamente antes de cirurgias, pois alguns estudos indicam que isso também poderia reduzir os riscos de demência.

Fonte: Inthenews. 23 de setembro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: