Publicidade

Notícias de saúde

Diferentes fases da mulher exigem diferentes cuidados com a saúde bucal

1º de setembro de 2008 (Bibliomed). Homens e mulheres têm diferentes necessidades para a saúde oral, ainda mais que, entre as mulheres, essas necessidades estão sempre em mutação, acompanhando as fases de sua vida, como a puberdade, a gravidez e a menopausa. A Associação Dental da Pensilvânia, nos EUA, em nota para a imprensa, lembra que entender essas necessidades é essencial para uma boa saúde dos dentes e da gengiva.

Segundo os especialistas, as mudanças nas necessidades de cuidados com a saúde oral feminina estão principalmente relacionadas à mudança nos níveis de hormônios.

Durante a puberdade, o aumento nos níveis de hormônios pode fazer com que as gengivas fiquem inchadas e mais sensíveis e podem surgir lesões na boca. O uso, em longo prazo, de anticoncepcionais orais, que contêm progesterona ou estrogênio, pode levar ao desenvolvimento de gengivite e aumenta em duas vezes o risco de uma condição chamada alvéolo seco.

Na gravidez, por causa dos aumentos nos níveis hormonais, há também risco de inchaço nas gengivas, que, se não tratada, pode levar a doenças mais sérias. E gestantes diagnosticadas com doença periodontal são mais propensas a ter bebês prematuros e com baixo peso. Para a prevenção, é recomendada a escovação correta e o uso diário de fio dental.

Além disso, as gestantes precisam de um cuidado especial com a alimentação para um bom desenvolvimento dos dentes do bebê, que ocorre entre o terceiro e o sexto mês de gestação. Nutrientes como cálcio, proteína, fósforo, e as vitaminas A, C e D são importantes para reduzir os riscos problemas bucais.

Os especialistas destacam também que, apesar de o exame de raio X ser, muitas vezes, adiado por causa da gravidez, há ocasiões em que ele é necessário para o tratamento de problemas dentais, que podem representar riscos para mãe e bebê. O importante é informar o médico sobre a gestação ou a possibilidade de estar grávida antes desse procedimento.

Durante a menopausa, é comum as mulheres terem boca seca, além de gengivas sensíveis e doloridas. “Os dentistas podem recomendar uma série de produtos para ajudar a ‘acalmar’ suas gengivas e estimular o fluxo salivar”, destacaram os especialistas.

Por tudo isso, a Associação Dental da Pensilvânia incentiva que as mulheres falem com o dentista sobre cada fase de sua vida e entenda as necessidades específicas de cada fase para a saúde oral. É recomendado que esses profissionais estejam também sempre informados sobre o uso de medicamentos, como a pílula, principalmente antes de algum procedimento.

Fonte: The Pennsylvania Dental Association. 27 de agosto de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: