Publicidade

Notícias de saúde

Perfil clínico-epidemiológico da alergia ao amendoim

31 de janeiro de 2008 (Bibliomed). A alergia alimentar é uma condição causada pela resposta do organismo a uma partícula presente no alimento desencadeante dos sintomas, denominada alérgeno. Os principais alimentos associados a maior risco de sensibilização são o leite de vaca, ovo, peixes, frutos do mar como o camarão, amendoim, dentre outros. A interrupção do consumo do alérgeno é a medida mais eficaz na prevenção de ocorrência de manifestações alérgicas.

Investigadores norte americanos da Universidade de Duke publicaram uma pesquisa na revista Pediatrics onde procuraram traçar o perfil clínico – epidemiológico da alergia ao amendoim. A seleção de pacientes para o estudo durou 6 anos. Os resultados divulgados revelaram que a primeira exposição e as manifestações iniciais da alergia ao amendoim ocorreram aos 14 e 18 meses de vida, respectivamente.

Em um estudo efetuado na década de 90 do século passado as idades para início do consumo e desencadeamento do fenômeno alérgico foram 22 e 24 meses, respectivamente. A maioria dos pacientes demonstrou alergia concomitante a outros alimentos, como o ovo (53%), leite de vaca (26%), nozes (20%), peixes (11%), soja (7%), trigo (6%) e semente de gergelim (6%).

Dessa forma, os autores concluem que desde a última década houve uma redução da idade de início da exposição ao amendoim e do surgimento de alergia. Tal declínio pode ser atribuído a maior precocidade da exposição aos alérgenos alimentares.

Fonte: Pediatrics 2007; 120 (6): 1304 – 1310

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: