Notícias de saúde

Alergia a amendoim pode aparecer na vida adulta

04 de maio de 2021 (Bibliomed). Um estudo realizado na Northwestern University Feinberg School of Medicine, nos Estados Unidos, levantou um dado interessante: apesar de a maioria das pessoas alérgicas ao amendoim no país serem adultas, essa costuma sendo considerado um problema de saúde de crianças.

Estima-se que 4,5 milhões de pessoas nos EUA são alérgicas a amendoim, das quais cerca de 75% têm mais de 17 anos. Aproximadamente um em cada seis adultos norte-americanos com alergia ao amendoim a desenvolveu aos 18 anos ou mais, e até um quinto dos adultos com relato de alergia visitando um pronto-socorro de hospital para tratamento de alergia alimentar anualmente.

Para este estudo, os pesquisadores realizaram uma pesquisa por telefone e pela web com mais de 40.000 adultos nos EUA. Eles pediram informações detalhadas sobre qualquer suspeita de alergia alimentar, incluindo sintomas específicos de reações alérgicas e detalhes sobre o diagnóstico clínico de alergias alimentares, bem como informações demográficas.

Entre os entrevistados, 2,9% relataram uma alergia atual ao amendoim e 1,8% tinham uma alergia ao amendoim diagnosticada por um médico ou uma história de sintomas de reação alérgica ao amendoim. Além disso, dois em cada três adultos com alergia a amendoim têm pelo menos uma outra alergia alimentar, mais comumente a nozes, mas mais de um em cinco também é alérgico a marisco.

Muitas pessoas que relatam alergias ao amendoim e experimentam reações alérgicas potencialmente graves não estão obtendo um diagnóstico clínico de suas alergias. Além disso, as pessoas que desenvolveram sua alergia ao amendoim durante a idade adulta têm menos probabilidade de relatar ter uma prescrição de autoinjetor de epinefrina - um medicamento de resgate para aqueles que entram em choque anafilático durante uma reação alérgica - do que aqueles que desenvolveram alergia ao amendoim durante a infância.

Os pesquisadores explicam que, ao contrário de alergias como leite ou ovo, que muitas vezes se desenvolvem cedo na vida e são superadas na adolescência, a alergia ao amendoim parece afetar crianças e adultos em um grau semelhante.

Segundo os autores, o estudo mostra que muitos adultos não estão superando suas alergias a amendoim da infância, e muitos adultos estão desenvolvendo alergias a amendoim pela primeira vez

Fonte: Journal of Allergy and Clinical Immunology. DOI: 10.1016/j.jaci.2020.11.046.

Copyright © 2021 Bibliomed, Inc.

Copyright © 2021 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários