Publicidade

Notícias de saúde

Obesidade extrema eleva o risco de osteoporose em mulheres

21 de setembro de 2007 (Bibliomed). A obesidade é uma condição que vem aumentando de prevalência em todas as camadas populacionais. Constitui fator de risco para uma série de outras doenças do coração, pulmões, articulações, bem como de alguns tipos de câncer. A obesidade vem se apresentando em idades cada vez mais precoces, os adolescentes e jovens são uma das parcelas populacionais onde o excesso de peso vem sendo cada vez mais identificado.

Investigadores norte americanos desenvolveram uma pesquisa, publicada na revista Obesity, na qual procuraram avaliar a interferência exercida pelo excesso de peso corporal no risco de perda da massa mineral óssea (osteoporose), em mulheres pós - menopausadas. A investigação foi também realizada de maneira experimental em animais de laboratório.

Os resultados apresentados revelaram que o excesso de gordura corpórea associou-se diretamente com a diminuição da massa mineral óssea, nos animais de laboratório. Da mesma forma, a presença de obesidade extrema em um grupo de 37 mulheres condicionou elevação do risco de desenvolvimento de osteoporose.

A obesidade se comporta como fator de risco para osteoporose, nas mulheres após a menopausa. Isto é uma condição preocupante, devido ao crescente número de mulheres obesas na população, sendo recomendada maior atenção das autoridades em saúde pública quanto a tais achados.

Fonte: Obesity 2007; 15: 1980 – 1987.

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: