Publicidade

Notícias de saúde

Insônia crônica: risco para o desenvolvimento de depressão e ansiedade

27 de julho de 2007 (Bibliomed). A insônia, para muitos, é considerada como uma das piores situações enfrentadas no dia-a-dia. A falta de sono e a incapacidade de descansar apresentam resultados negativos no cotidiano, provocando distúrbios tais como agressividade, falta de concentração, sonolência diurna excessiva, entre outros.

O Journal of Sleep publicou recentemente uma pesquisa feita por estudiosos noruegueses da Universidade de Oslo, a respeito da insônia e suas repercussões nos distúrbios depressivos e ansiosos. O principal objetivo do estudo era avaliar, se a insônia teria um papel de relativa significância, no desenvolvimento desses transtornos.

De acordo com os resultados apresentados, uma estreita relação entre insônia e depressão foi encontrada. Além disso, a presença desse distúrbio do sono é um fator de risco, para o desenvolvimento de desordens ansiosas. Portanto, na avaliação desses transtornos, o médico deverá estar atento para a instauração de tratamentos adequados, a fim de prevenir ou minimizar o agravamento dos mesmos.

Fonte: Journal of Sleep; 30 (7): 873 – 880

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: