Publicidade

Notícias de saúde

Estrógeno para melhorar a atividade sexual de mulheres histerectomizadas

22 de novembro de 2006 (Bibliomed). A terapia hormonal tópica pode ser mais eficaz que o uso de estrógeno oral, para aliviar certos sintomas sexualmente relacionados, em mulheres histerectomizadas (submetidas à retirada do útero), mas nenhuma destas duas formas de tratamento parece afetar o desejo ou a atividade sexual significativamente, apesar do aumento do fluxo de sangue vaginal.

Isto é o que indicam os resultados de um estudo comparativo entre os dois tipos de tratamento, realizado na China e publicado na revista Menopause. A pesquisa avaliou 57 mulheres histerectomizadas, distribuídas de modo aleatório, para receber estrógeno oral ou tópico (de aplicação local).

Nos resultados, mais mulheres do grupo que recebeu tratamento tópico, do que as o grupo que recebeu tratamento oral, apresentaram uma redução estatisticamente significativa da secura vaginal e na dispareunia (dor durante o ato sexual), mas nenhum dos dois tratamentos foi mais efetivo do que o outro, no combate à diminuição da libido e para favorecer um aumento das relações sexuais.

Fonte: Menopause. 2006;13:737-743.

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: