Publicidade

Notícias de saúde

Uso aumentado do tabaco pode levar a aumento futuro de doenças relacionadas

03 de março de 2006 (Bibliomed). O uso do tabaco é um importante fator de risco evitável para muitas desordens crônicas, as quais se acreditam irão responder futuramente por um importante número de doenças em todo o mundo.

Segundo estudo desenvolvido pelo Global Tobacco Surveillance System (GTSS) collaborative group e publicado na edição online da revista The Lancet, buscou-se avaliar o efeito do uso do tabaco por jovens na mortalidade global.

O Global Youth Tobacco Survey - GYTS - é uma pesquisa realizada em escolas, entre estudantes cm idades entre 13 e 15 anos. A pesquisa foi realizada em 395 locais em 131 países. Foi perguntado aos estudantes sobre o uso atual do tabaco, a suscetibilidade ao fumo entre não-fumantes, e a exposição passiva à fumaça do cigarro em casa e em locais públicos.

Os resultados da pesquisa mostraram, entre outros achados, que a diferença no uso atual de cigarros entre meninos e meninas é menor que se esperava em muitas regiões do mundo. Observou-se ainda um aumento da exposição ao fumo passivo, e a utilização de outros produtos do tabaco que não o cigarro.

Segundo os investigadores, os achados são perturbadores em relação ao surgimento futuro de doenças crônicas e a mortalidade relacionada ao tabaco. A redução do consumo de tabaco irá requerer esforços redobrados para prevenir o início do hábito de fumar e promover a cessação do hábito entre o grande número de jovens que atualmente usam o tabaco.

A alta exposição passiva à fumaça sugere a necessidade de que os países aprovem leis fortes e eficazes para a criação de ambientes livres do fumo.

Fonte: The Lancet Early Online Publication, 17 February 2006, DOI:10.1016/S0140-6736(06)68192-0

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: