Publicidade

Notícias de saúde

Enxaqueca afeta o rendimento escolar e o estado emocional das crianças

07 de julho de 2003 (Bibliomed). Apesar da alta incidência de quadros de enxaqueca em jovens, a qualidade de vida nestas situações não foi ainda bem examinada. Pesquisadores da University of Cincinnati College of Medicine, Cincinnati, Ohio, examinaram a qualidade de vida numa amostragem clínica de crianças com enxaqueca e a compararam com outras doenças crônicas. Uma pesquisa foi conduzida em 572 pacientes sucessivos (idade média de 11.4 ± 3.6 anos) que se apresentaram com enxaquecas a um centro de enxaquecas infantil. As crianças e pais completaram o Pediatric Quality of Life Inventory, Versão 4.0. Os resultados foram comparados com normas estabelecidas para crianças saudáveis e cronicamente doentes, e publicados na revista Pediatrics deste mês. Segundo o estudo, a qualidade de vida em crianças com enxaqueca é significativamente afetada por sua condição de saúde. O impacto das enxaquecas na qualidade de vida é semelhante ao encontrado em outras enfermidades crônicas, com deterioração no aproveitamento escolar e no emocional da criança.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: