Publicidade

Notícias de saúde

Propaganda de Cigarros é Vetada

A Câmara dos Deputados aprovou na última quarta- feira a proibição da propaganda de cigarros em televisão, revistas, rádios, outdoors, jornais e também o patrocínio de eventos esportivos e culturais. O Senado Federal deverá apreciar este projeto. No caso de aprovação, ele será sancionado pelo presidente Fernando Henrique Cardoso.

O projeto original sofreu algumas alterações, além disso, o deputado mineiro, Aécio Neves apresentou uma nova proposta na qual determinará um prazo de um ano para que os eventos esportivos e culturais sejam adequados. A proposta prevê ainda multas que variam entre R$ 5 mil a R$ 100 mil reais para as empresas que desrespeitarem a proibição.

Corte de Sinal

De acordo com a nova lei, caso seja aprovada, as emissoras de televisão que veicularem as propagandas de cigarro terão o sinal de transmissão cortado, como também a transmissão patrocinada pelas indústrias de cigarro.

Vários deputados gaúchos protestaram contra a medida que prejudica os pequenos produtores de fumo do sul do país, em especial do Rio Grande do Sul. Já para o deputado do PSBD da Bahia, Juthay Magalhães, o SUS – Sistema Único de Saúde - vai fazer uma economia de quase R$3 bilhões.

Outro deputado que apresentou uma emenda ao projeto foi Nelson Marchezan, que prevê ajuda aos trabalhadores na produção de fumo no caso de desemprego. De acordo com a emenda, os trabalhadores poderiam ser transferidos para outras atividades compatíveis com aquelas já desenvolvidas por eles.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: