Publicidade

Notícias de saúde

Tango faz bem ao coração, afirma cientista argentino

26 de Fevereiro de 2003 (Bibliomed). Cientistas argentinos da Fundação Favarolo, referência mundial para problemas cardíacos, concluíram que dançar tango pode ajudar a prevenir doenças cardíacas. “Bailar tango ou milonga (ritmo mais acelerado) representa um exercício de intensidade leve ou moderada, ideais para a prevenção de doenças cardíacas. Mas é preciso dançar regularmente para que atue como prevenção dos males do coração”, afirmou o cardiologista Roberto Peidro, chefe do setor de Prevenção e Reabilitação Cardiovascular da Fundação Favarolo e autor do estudo. Segundo o especialista, dançar 20 minutos de tango por dia corresponde a caminhar por este mesmo período, com a vantagem de não precisar sair de casa.

Os pesquisadores selecionaram 11 homens e 11 mulheres saudáveis, com idades entre 48 e 60 anos, nenhum deles bailarino profissional. A seleção foi feita a partir do controle de consumo de oxigênio de cada um durante exercícios numa esteira elétrica. Depois, eles repetiram a prova bailando tango. Durante quase um ano, os voluntários dançaram ao som de Quejas de bandoneón, La Comparsita e La puñalada.

Comparando os exames de eletrocardiogramas realizados nos participantes, o médico observou que dançar tango gera a freqüência perfeita para se evitar doenças cardíacas. “O tango é um exercício que consome entre 50% e 60% da capacidade aeróbica. Já outras danças mais aceleradas podem ser prejudiciais ao coração do sedentário”, afirmou.

De acordo com a Sociedade Argentina de Cardiologia, entre 68% e 78% da população do país é sedentária. “Descobrimos que o tango é uma saída para evitar o sedentarismo e, conseqüentemente, outras doenças como o câncer e a osteoporose”, disse o médico. “E temos certeza de que ele também é útil para combater a depressão”, acrescentou o tangueiro Hector Mayoral, 65 anos, que sugeriu a pesquisa, junto com sua parceira Elsa Maria. “Bailo tango há 50 anos e sempre achei que faz bem à saúde”, justificou.

Copyright © 2003 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: