Publicidade

Notícias de saúde

Ministério da Saúde reequipa hospitais especializados no tratamento do câncer

03 de Julho de 2002 (Bibliomed). O Ministério da Saúde está equipando as unidades de saúde especializadas no tratamento do câncer. O Hospital Santa Rita da Santa Casa de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, recebeu US$ 1,73 milhão para a compra de um acelerador linear e para a aquisição de um sistema computadorizado para radioterapia. Os recursos foram repassados pelo Projeto de Reequipamento Hospitalar, que ainda vai encaminhar ao hospital gaúcho um aparelho de raio X móvel e um sistema de simulação universal por raio X – os dois são equipamentos da área oncológica. O investimento final nesta unidade de saúde deve ser de US$ 374,9 mil. Apenas em Porto Alegre, o Ministério da Saúde investiu US$ 5,87 milhões do programa de reequipamento. Outros quatro hospitais foram beneficiados.

O projeto do governo federal é voltado para a modernização das unidades de saúde especializadas no tratamento oncológico dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 1998, 54 hospitais já receberam equipamentos de alta complexidade. O objetivo do Ministério da Saúde é beneficiar 56 unidades em 18 estados e no Distrito Federal, investindo um total de US$ 90,73 milhões. Até agora, já foram gastos US$ 81,14 milhões para a compra de 206 aparelhos. Além do reequipamento, o programa prevê a recuperação das unidades, o treinamento de pessoal e a melhoria do diagnóstico e prevenção do câncer e de outras enfermidades.

O último hospital atendido – o Santa Rita – é especializado em oncologia clínica e cirúrgica. Mensalmente, a unidade realiza 3,5 mil consultas ambulatoriais, 600 cirurgias, 570 internações, 17 mil sessões de radioterapia e quase 3 mil de quimioterapia. Recentemente, a Santa Casa de Porto Alegre, entidade a que o hospital Santa Rita está vinculado, recebeu investimentos do Projeto de Reforço à Reorganização do Sistema Único de Saúde (Reforsus). O complexo, formado por sete hospitais, recebeu R$ 1,3 milhão para a compra de um aparelho de raio X para angiografia e R$ 647 mil para a aquisição de outros equipamentos. Em 2001, o complexo recebeu R$ 80,8 milhões. A Santa Casa de Porto Alegre destina cerca de 70% de seus leitos aos pacientes do SUS.

Copyright © 2002 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: