Publicidade

Notícias de saúde

Cadastramento de portadores de esclerose múltipla começa amanhã

Belo Horizonte, 21 de Setembro de 2001 (Bibliomed). Começa amanhã, em várias capitais do País, o cadastramento voluntário de portadores de esclerose múltipla. Até a próxima segunda-feira, familiares dos pacientes com diagnóstico confirmado da doença devem procurar a Secretaria de Saúde mais próxima, munidos de exames recentes. O “censo” faz parte da Semana da Esclerose Múltipla, promovida pela Academia Brasileira de Neurologia, e tem por objetivo descobrir o número de pessoas que convivem com o mal no País.

De acordo com a neurologista Marília Denise Pimenta, o cadastramento vai ajudar também nas pesquisas científicas. A partir da análise dos dados coletados pelo “censo”, os pesquisadores esperam encontrar pistas que levem ao descobrimento das causas da doença – hoje totalmente desconhecidas.

A esclerose múltipla é uma doença neurológica que afeta o cérebro e a medula espinhal e provoca a destruição das fibras nervosas. Não apresenta sintomas ou sinais próprios, mas está associada à fraqueza muscular, dormência nos braços e pernas, alterações visuais, fadiga, vertigens, entre outros sintomas. Estima-se que 15 em cada 100 mil habitantes apresentem a doença.

Em Belo Horizonte, o cadastramento dos portadores de esclerose múltipla pode ser feito amanhã, das 8h às 18h, no saguão da Associação Médica de Minas Gerais, na Avenida João Pinheiro, nº 161. No domingo e na segunda-feira, o registro deve ser realizado no saguão da Secretaria de Estado da Saúde, na Avenida Afonso Pena, nº 2.300, entre 8h e 17h.

O cadastro pode ser feito pessoalmente, pelos familiares dos doentes, ou pelos Correios. “É muito importante que as pessoas contribuam para a descoberta das causas da esclerose múltipla. Por isso, pedimos que levem um xerox do laudo da ressonância magnética e os exames de Liquor e Potencial Evocado, se possuírem”, adverte Marília Pimenta. A neurologista garante que a identidade de todas as pessoas cadastrada será mantida em sigilo absoluto.

Na capital mineira, vão ser distribuídos 30 faixas pela cidade, 100 cartazes e 300 folders explicativos em hospitais de grande porte, como o Pronto Socorro João XXIII, nos shopping centers, nas faculdades de medicina e na rodoviária. O evento conta com o apoio da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: