Publicidade

Notícias de saúde

Ruídos ameaçam boa audição

Belo Horizonte, 11 de Julho de 2001 (eHealthLA). Um estudo recente, realizado nos Estados Unidos, revelou que mais de 5 milhões de jovens daquele país apresentam algum tipo de perda auditiva. As causas para o problema são variadas, como concertos de rock, fogos de artifício e cortadores de grama.

A pesquisa do National Center for Environmental Health dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDCP) mostrou que em pelo menos 250 mil jovens a deficiência pode ser moderada ou profunda, trazendo conseqüências graves, como a perda auditiva definitiva.

Os especialistas pesquisaram, durante seis anos, cerca de 5,2 mil pessoas, de 6 a 19 anos. As alterações provocadas por barulho – que podem abafar alguns sons e dificultar a compreensão da fala – foram identificadas em 12,5% dos entrevistados.

O estudo constatou perda maior nas pessoas do sexo masculino e nos mais jovens. A surdez parcial provocada por ruídos é evitável. Para isso, os pesquisadores sugerem que as crianças sejam incentivadas a usar protetores de ouvido durante as atividades barulhentas.

No Brasil, o walkman é um inimigo da boa audição entre os jovens. Conforme a freqüência e o volume em que é utilizado, o aparelho pode causar perdas de 30% da audição em curto espaço de tempo. Evitar o problema é tarefa fácil, que exige apenas atenção quanto ao volume e o tempo de exposição ao som da música.

Quanto maior o nível de ruídos de um ambiente, menor deve ser a permanência dos indivíduos. A partir de 85 decibéis, já ocorrem alterações na audição. A dor ocorre quando o som se aproxima dos 120.

Mesmo que não haja surdez, o uso indevido do walkman pode favorecer a redução precoce da capacidade auditiva. Um som muito alto prejudica as células que estão na parte interna do ouvido e que são responsáveis pelos sons agudos. A lesão é irreversível e ocorre de forma progressiva, o que impede muitas pessoas de identificarem a surdez.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: