Publicidade

Notícias de saúde

BRASIL: OMS Lança Campanha Para Prevenção de Doenças Reumáticas

São Paulo, 13 de março de 2001 (eHealthLA). Problemas de ossos e juntas geralmente são relacionados à idade avançada. Mas é justamente na juventude que a pessoa deveria se cuidar para, lá na frente continuar tendo uma vida saudável e sem restrições.

Com o objetivo de conscientizar e informar as pessoas sobre a importância de cuidar da saúde dos ossos que a Organização Mundial de Saúde (OMS) estabeleceu que a primeira década deste novo século seria a Década dos ossos e das articulações.

No mundo todo, as chamadas doenças reumáticas estão entre as principais causas de incapacitação. Ao todo, são mais de 100 tipos e manifestações. No Brasil, estima-se que elas atinjam mais de 15 milhões de pessoas.

Mas esse quadro pode ser revertido através da prevenção. Alimentação, exercício físico, controle do peso e exames específicos são hábitos que renderão ossos sempre fortes e saudáveis.

Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia, Sebastião Radominsky, o objetivo da OMS é informar que, procurando manter uma boa qualidade de vida, no fim de 10 anos a incidência dessas doenças e suas complicações terão sofrido uma redução de 30%.

Reumatismo

O termo reumatismo popularmente está relacionado a dores musculares e a doenças ósseas e articulares. Artrose, tendinite, bursite, gota, artrite e espondilite anquilosante, são alguns exemplos.

Segundo Jamil Natour, chefe do setor de Reabilitação em Reumatologia da Unifesp, a doença reumática é normalmente crônica.

“A sua causa não é bem conhecida, mas está relacionada à imunidade, isto é, ao nosso sistema de defesa, que por razões pouco conhecidas passa a agredir o próprio organismo”, explica.

O diagnóstico da doença reumática não é simples e envolve a história dos sintomas, o exame físico, exames de laboratório e radiografias.

“Freqüentemente as manifestações reumáticas se confundem com outras doenças. O paciente com doença de Parkinson que apresenta dificuldade de movimentação pode confundir seus sintomas com o reumatismo”, diz o médico.

Tratamento

Cada tipo de doença reumática apresenta aspectos clínicos e terapêuticos diferentes. A dor é o principal sintoma do reumatismo. No tratamento das doenças reumáticas destacam-se a aspirina, a cortisona e os antiinflamatórios não hormonais (aspirina, indometacina, naproxeno, piroxican, etc).

Em algumas situações são usados medicamentos imunossupressores, isto é, substâncias que inibem as defesas do organismo (ciclofosfamida, azatioprina, metotrexato).

Além dos medicamentos, o reumatismo se beneficia com procedimentos tipo repouso, calor, exercícios, hidroterapia, massagens, ultra-som, estimulação elétrica, acupuntura, etc. Algumas vezes há necessidade de se somar à psicoterapia ao tratamento.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: