Publicidade

Notícias de saúde

Hemodiálise: Ministério da Saúde Vai Adquirir Novas Máquinas

O Ministério da Saúde já está na fase final de um processo de licitação internacional para a compra de 730 máquinas de hemodiálise. Segundo a Secretaria de Assistência a Saúde, o Brasil tem hoje um número em torno de 39 mil cidadãos que sofrem de insuficiência renal e a partir de agora poderão ter um reforço diário contra a doença. Até o final do ano, essas máquinas estarão à disposição desses pacientes.

O Ministério da Saúde deverá investir em torno de US$ 12 milhões na compra dos equipamentos, o que significa mais qualidade de vida para quem sofre de insuficiência renal crônica. De acordo as informações, as máquinas por serem mais modernas, causarão menos desconforto aos pacientes.

Do total do maquinário, a cidade do Rio de Janeiro deve receber 68 máquinas. Esses equipamentos serão distribuídos para as clínicas e hospitais do SUS - Sistema Único de Saúde, de acordo com o grau de incidência da doença em cada estado do país. O Estado de São Paulo, através de sua rede pública, terá o maior número de máquinas e o Rio Grande do Sul receberá 83 equipamentos.

De acordo com os dados do Governo Federal, o Brasil possui hoje um número de 3. 874 máquinas do tipo tanque e 2. 422 equipamentos do tipo proporção. Cada um destes aparelhos é usado para o atendimento de oito pessoas, normalmente em três turnos. O paciente que não é submetido ao transplante de rins é normalmente obrigado a fazer a filtragem de sangue até o final da vida. Além disso, cada paciente é obrigado a fazer três sessões semanais de hemodiálise com quatro horas de duração.

O tratamento, segundo o Ministério da Saúde, é de alto custo e, somente no ano passado, o Governo Federal gastou mais de R$ 500 milhões no atendimento a mais de 35 mil brasileiros portadores do problema renal. A aquisição desses equipamentos faz parte do trabalho do Governo que pretende renovar os equipamentos dos centros de hemodiálise, iniciada no ano de 1996. Época que aconteceu a morte de mais de 50 pessoas que realizavam o tratamento de hemodiálise no Estado do Pernambuco, no Instituto de Doenças Renais Crônicas de Caruaru. Esta compra será financiada através de recursos do Banco Mundial e Banco Interamericano de Desenvolvimento.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: