Publicidade

Notícias de saúde

Os Microchips da Esperança

01 de Maio de 2000 (Bibliomed). Receber um implante de um corpo estranho embaixo da clavícula, que por sua vez está conectado através de um cabo a um eletrodo que se inserta em uma parte específica do cérebro, não deve ser muito agradável.

Mas isto é indiferente para Elvira Quiroz, o aparelho, conhecido como estimulador cerebral, poderia devolver à sua vida a normalidade que teve até os 9 anos, quando começou a mostrar sintomas de um transtorno de movimento chamado de distonia. Suas esperanças hoje estão centradas no implante desse microchip, que regularia os estímulos nervosos alterados. A tecnologia já está no Chile e inclusive foi implantada em um paciente com o mal de Parkinson no Hospital Dipreca de Carabineros.

Copyright © 2000 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: