Publicidade

Notícias de saúde

Mineradora Avalia Impacto da Aids em Suas Operações

Por Steven Swindells

JOHANNESBURGO (Reuters)
- O segundo maior produtor mundial de platina, a Impala Platinum Holdings (Implats), disse na quinta-feira que começou a avaliar o impacto do HIV-Aids em suas operações.

A Aids tornou-se um dos maiores problemas para a economia sul-africana, ameaçando reduzir a produtividade e a base de mão-de-obra especializada no setor minerador, vital para o país.

Os mineiros são frequentemente imigrantes morando longe de suas famílias em albergues frequentados por prostitutas e são extremamente vulneráveis à doença, que assola a África subsaariana.

A Sociedade Atuária da África do Sul estimou que o HIV-Aids deve matar 10 por cento dos 300 mil mineiros do país por ano, ameaçando a competitividade do setor que mais exporta no país.

"Uma avaliação do possível impacto da Aids nos custos e na produtividade futuros está recebendo atenção especial", disse a Implats em um relatório de resultados.

A Implats e seus 28 mil empregados produzem 1 milhão de onças por ano de platina, o metal precioso branco que é usado em jóias e em autocatalisadores.

Análises mostram que o impacto da doença afetará o setor nos próximos anos. O problema foi detectado no final dos anos 80, mas autoridades públicas e privadas não tomaram nenhuma medida até anos recentes.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2001 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: