Publicidade

Notícias de saúde

Ministro da Saúde discorda dos dados da OMS

O ministro da Saúde, José Serra, protestou contra o resultado do relatório da Organização Mundial de Saúde que colocou o Brasil na 125º posição do ranking do atendimento do sistema de saúde em todo o mundo, inclusive de outros países da América Latina - a Colômbia ocupa o primeiro lugar, seguida do Chile, Costa Rica e Cuba. A França e Itália foram os que tiveram melhor colocação no ranking mundial. Comparados ao Brasil estão mal colocados a Birmânia , China, Vietnã , Nepal, Rússia, Peru e Camboja.

A Colômbia foi favorecida, na opinião do ministro José Serra, que por coincidência teve o seu plano de saúde feito pela mesma pessoa que elaborou o relatório, o economista norte-americano, Phillip Musgrove. O ministro destacou ainda que com as críticas ao relatório, não quer dizer que o Brasil tenha uma boa situação. O país tem uma série de problemas com o sistema de saúde devido a concentração de renda, falta de investimento em saneamento básico, entre outros. Além disso, ele lembrou ainda a OMS esqueceu que existem no Brasil, mais de 40 milhões de brasileiros com planos de saúde individuais ou coletivos, que não foram considerados nos levantamentos da instituição.

O presidente Fernando Henrique Cardoso também reagiu com surpresa e também levantou suspeitas com relação aos dados apresentados no relatório da Organização Mundial de Saúde. Além disso, o presidente ele destacou ainda que a própria organização deveria explicar os critérios usados que produziram resultados curiosos.

Copyright © 2000 BoaSaúde

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: