Publicidade

Notícias de saúde

Gravidez Logo Depois de Cesariana é Arriscada

05 de Fevereiro de 2001 (Bibliomed). As mulheres que ficam grávidas logo depois de terem feito uma cesariana têm um risco maior de ruptura do útero se tentarem um parto normal, sugere resultados de um estudo.

Geralmente, depois de uma cesariana as mulheres são estimuladas a tentar "um teste de trabalho de parto" para ver se podem fazer parto normal e evitar a dor e o tempo de recuperação associados à cesariana.

Em casos raros -- cerca de 1 por cento -- o teste de trabalho de parto causa a ruptura do útero. Algumas mulheres incluindo as que foram submetidas a várias cesarianas anteriores são consideradas como tendo um risco maior de ruptura.

Pesquisadores informaram, na edição de fevereiro do Obstetrics & Gynecology, que as mulheres que ficam grávidas num prazo de até nove meses depois da primeira cesariana são muito mais propensas a ter ruptura uterina que mulheres que esperam mais para engravidar.

No estudo a equipe de Thomas D. Shipp, da Escola de Medicina de Harvard, em Boston (Massachusetts), analisou registros de 2.409 mulheres submetidas a teste de trabalho de parto depois de uma cesariana.

Quando os pesquisadores levaram em conta fatores que poderiam influenciar os resultados, como a idade da mãe e a duração do trabalho de parto, verificaram que as mulheres que deram à luz em até 18 meses depois da cesariana foram três vezes mais propensas à ruptura uterina que as que tiveram um intervalo maior entre os partos.

"Uma explicação possível para as nossas descobertas é a cicatrização incompleta do útero (depois ) da cesariana anterior", avaliaram os pesquisadores. Estima-se que a cicatrização completa, pelo menos, seis meses e talvez esse processo possa chegar a nove meses, indicou o trabalho.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: