Publicidade

Notícias de saúde

BRASIL: Pesquisa com Anticoncepcional Masculino Mostra Inibição na Produção de Esperma

São Paulo, 2 de Fevereiro (eHealthLA). A pílula anticoncepcional para homens está mais próxima das prateleiras das farmácias. Novo estudo demonstra que uma forma experimental de anticoncepcional masculino inibe a produção de esperma.

As injeções contraceptivas usadas no estudo são dadas somente a cada seis semanas, e não a cada uma ou duas semanas como medicamentos similares em testes. A injeção testada é uma combinação dos hormônios testosterona, undecanoato de testosterona e enantato de noretisterona (Nete), usado em alguns anticoncepcionais femininos.

Ao final do estudo, a produção de esperma foi completamente interrompida em 13 dos 14 participantes recebendo a combinação de hormônios, mas em somente sete dos 14 que tomaram apenas testosterona.

As descobertas estão publicadas em Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism. O próximo passo, segundo os pesquisadores, será verificar se os hormônios não só detêm a produção de esperma, como também se previnem as gravidezes.

Contracepção

Para muitos especialistas os homens ainda acreditam que a precaução no sexo seja como prevenção à Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis, seja de contracepção, são responsabilidades femininas.

“Alguns homens preocupam-se, mas são casos isolados, não sinalizam uma mudança no comportamento masculino”, diz Marcos Ribeiro, sexólogo e consultor do Ministério da Saúde. Segundo o especialista, como a gravidez acontece no corpo da mulher, o homem dificilmente se preocupa como os métodos anticoncepcionais, já que não vivencia de forma imediata as conseqüências do sexo.

Copyright © 2001 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: