Publicidade

Notícias de saúde

Exercícios Podem Ajudar na Diminuição das Dores da Gravidez

NEW YORK, (Reuters Health) - Há anos, gestantes têm considerado dor nas costas, dor no quadril e cãibra nas pernas como aborrecimentos inevitáveis associados com a gravidez.

Mas um estudo sugere que estas dores são causadas pelo ganho e redistribuição do peso que podem aumentar a sobrecarga do tornozelo, quadril, costas e outras áreas. Além do mais, estas "lesões de sobrecarga" podem ser evitadas com condições adequadas e um programa de exercícios aprovado pelo médico.

"Quando a gestante anda seus músculos precisam trabalhar duro para executar o mesmo modelo de caminhar que elas normalmente fariam sem o peso adicional", explicou o Dr. Jon R. Davids of Duke da Universidade em Durham, Carolina do Norte, na edição da American Academy of Orthopaedic Surgeons.

"Cuidados médicos para a gestante com problemas músculo-esqueléticos deveriam enfatizar mais o valor do exercício e condicionamento físico durante a gravidez para o tratamento tanto de prevenção quanto de reabilitação," de acordo com o estudo publicado no Journal of Bone and Joint Surgery.

A Dra. Theresa Foti e colegas do Hospital Shriners para Crianças em Greenville, Carolina do Sul, analisaram a caminhada de 15 mulheres na segunda metade de seu último trimestre de gestação e após um ano depois do parto.

Os investigadores acharam que a velocidade e a cadência da caminhada e o tamanho da passada se mantinham na maioria das vezes idênticas. Entretanto, descobriu-se que as gestantes usam maior força muscular quando elas andam, particularmente nos quadris e tornozelos.

É certo que, trabalho em excesso pode causar muitas das dores experimentadas durante a gravidez, explicam os autores.

"Isto sugere um aumento do uso dos músculos para compensar o aumento da massa corporal e distribuição do peso durante a gravidez para manter a velocidade do passo, o seu tamanho, a cadência e os ângulos das articulações permaneceram relativamente o mesmo", disse o Dr. Davids.

Os pesquisadores anotaram que a boa forma física é um fator de risco para problemas músculo-esqueléticos durante a gravidez.

"Os resultados deste estudo, apoiam as recomendações dos clínicos de executar programas de exercícios e condicionamento apropriados durante a gestação no caso de prevenir lesões por sobrecargas para um grupo específico de músculos", concluíram.

Gestantes deveriam consultar seu médico antes de começar qualquer programa de exercícios, advertem os especialistas.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: