Publicidade

Notícias de saúde

Aumentam Casos de Tumor Cerebral em Nova York

12 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). As taxas de pelo menos dois tipos diferentes de tumores cerebrais parecem ter aumentado drasticamente nos últimos 20 anos no Estado de Nova York, de acordo com um novo estudo conduzido pela Universidade Estadual de Nova York, em Buffalo.

Cerca de 18.000 novos casos de tumores cerebrais são diagnosticados nos Estados Unidos a cada ano, vitimando 13.000 vidas, de acordo com a American Cancer Society (Sociedade Americana de Câncer).

Na edição de dezembro de Journal of Neurosurgery, Brian P. McKinley e sua equipe apresentaram suas descobertas baseadas no registro de casos de câncer do Estado de Nova York entre 1976 e 1995. Os pesquisadores identificaram 16.695 tumores cerebrais.

Ao analisar como o número de casos variou ao longo do tempo, os cientistas descobriram que a taxa de gliobastoma multiforme -- o tipo mais comum e letal de câncer cerebral primário -- aumentou 33 por cento em homens e 65 por cento em mulheres durante o período de estudo.

O câncer cerebral primário é aquele que surge primeiro no cérebro, ao contrário de tumores de outras partes do corpo que se espalham para o cérebro.

Um segundo tipo de tumor cerebral, chamado astrocitoma anaplásico, aumentou 150 e 160 por cento respectivamente, em homens e mulheres de 1984 e 1995.

Os testes mais eficazes e "formas de diagnóstico mais agressivas em relação aos idosos" podem explicar os aumentos aparentes, destacaram McKinley e sua equipe. Mas "não podemos excluir a possibilidade de mudanças nas exposições ambientais, na produção de novos crescimentos e na suscetibilidade inerente de pessoas idosas serem responsáveis por essas observações", acrescentaram os pesquisadores.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: