Publicidade

Notícias de saúde

Otan Diz Que Urânio Empobrecido não Apresenta Risco Importante

08 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). A Força de Estabilização (FOR) da Otan na Bósnia disse na quinta-feira que a munição com urânio enfraquecido que usou durante a guerra de 1992-95 representa apenas um "risco desconsiderável".

"A FOR não acredita que as tropas servindo hoje na Bósnia ou a população civil estejam correndo riscos por conta da munição de urânio enfraquecido", disse a FOR, em uma nota divulgada depois que surgiram relatos sobre uma "síndrome balcânica" entre as forças de paz.

Embaixadores da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) esperam discutir a doença misteriosa na semana que vem, depois de alegações na semana passada de que seis membros italianos da força de paz morreram ao serem expostos à munição usada de urânio enfraquecido, disseram fontes da Otan na quinta-feira.

Os seis soldados italianos que serviram nos Bálcãs morreram de leucemia. Vários outros Estados-membros da Otan expressaram preocupação com o problema.

O ministro da Defesa italiano, Sergio Mattarella, disse às tropas italianas em Sarajevo, durante visita na quinta-feira, que uma comissão formada para investigar o problema vai estabelecer as causas das mortes dos soldados.

A FOR disse que a aliança fez uma pesquisa para estabelecer se o urânio apresenta algum risco para a saúde.

"O resultado mostrou que há um risco desconsiderável, e que não há ameaça para as tropas ou para a população local", disse.

A FOR define "risco desconsiderável" como o mesmo tipo de risco que existe na vida cotidiana.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: