Publicidade

Notícias de saúde

Hepatite A é associada a doença coronariana

02 de Janeiro de 2001 (Bibliomed). A infecção pelo vírus da hepatite A traz consigo um maior risco de estreitamento das artérias coronarianas, aumentando a possibilidade de que a doença contribua para o desenvolvimento da aterosclerose ou endurecimento das artérias.

Sabe-se que as inflamações estão associadas ao desenvolvimento da aterosclerose. A equipe de Jianhui Zhu do Washington Hospital Center, em Washington DC, levantou a hipótese de que a infecção pelo vírus da hepatite A desencadeie uma resposta inflamatória que poderia contribuir para o desenvolvimento da aterosclerose.

Os pesquisadores estudaram 391 pacientes submetidos a angiografia coronariana -- um exame por imagem das artérias do coração -- em busca de uma associação entre hepatite A e doença coronariana.

Pouco mais da metade dos pacientes apresentava anticorpos para a hepatite A, evidência de que tiveram a doença anteriormente.

Mesmo depois de feito o ajuste para os fatores de risco conhecidos, os pacientes com anticorpos para hepatite A foram duas vezes mais propensos a ter doença coronariana na angiografia que os pacientes sem anticorpos para hepatite A, segundo artigo publicado na edição de dezembro do Journal of Infectious Diseases.

Os pacientes com anticorpos para hepatite A também apresentaram níveis mais elevados do marcador de inflamação CRP que pacientes sem os anticorpos, observaram os pesquisadores.

"Em resumo, nossos resultados são compatíveis com a hipótese de que uma infecção pelo vírus da hepatite A está associada ao desenvolvimento de doença coronariana", concluíram os pesquisadores.

Os pesquisadores recomendam a realização de novos estudos para determinar se o vírus da hepatite A pode, de fato, causar o endurecimento das artérias em alguns pacientes.

Copyright © 2001 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: