Publicidade

Notícias de saúde

Adolescentes do EUA Praticam Esporte Para Controlar o Peso

Por Suzanne Rostler

NOVA YORK (Reuters Health)
- Para muitos adolescentes, a prática de esportes na escola é mais do que uma forma de gastar energia ou provar o gosto da vitória em competições. De acordo com um novo estudo, muitos estudantes entre 12 e 14 anos praticam um esporte para controlar o peso.

A descoberta é perturbadora quando vista em conjunto com outros resultados do estudo, que mostram que mais de um terço dos estudantes entrevistados disse que queria perder peso e acreditava que estava gordo.

Cerca de um quarto dos estudantes afirmou que tinha medo de comer e um terço disse que participava de atividades esportivas na escola para controlar o peso.

Mas o índice de massa corporal médio -- uma medida do peso da pessoa em relação a sua altura -- estava dentro da classificação de seu grupo de idade, disse Lydia J. Burak, da Escola Estadual de Bridgewater, em Massachusetts, à Reuters Health.

"Não há nada de errado em praticar esportes para controlar o peso", afirmou Burak. "O fato desses adolescentes, que não estão, necessariamente, acima do peso ou obesos, acreditarem que estão (acima do peso) é desconcertante", acrescentou a pesquisadora.

Burak destacou que os resultados do estudo podem não se aplicar a todos adolescentes nessa faixa etária, já que os participantes do estudo eram predominantemente brancos. Além disso, as cinco escolas públicas e privadas dos participantes não foram escolhidas ao acaso. Esses fatores podem distorcer os resultados, afirmou a pesquisadora.

Os resultados, apresentados durante um encontro recente da American Public Health Association (Associação Americana de Saúde Pública), estão baseados em entrevistas com mais de 400 estudantes, entre 12 a 14 anos, sobre seus comportamentos alimentares, sentimentos em relação a seu peso e participação nos esportes.

"Professores, treinadores, pais e outros adultos que desempenham papéis importantes nas vida das crianças precisam estar atentos a possíveis indicadores de alimentação desregrada, que pode resultar em distúrbios alimentares", sugeriram os pesquisadores.

"Esforços de prevenção precisam ser iniciados na infância precoce", concluíram Burak e sua equipe.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: