Publicidade

Notícias de saúde

Brasil: Estresse Pode Influenciar na Escolha Alimentar

São Paulo, 04 de Dezembro de 2000(eHLA). Segundo a agência de notícias Reuters pessoas com tendência a lidar com a raiva ou a depressão através da comida estão mais propensas a recorrer a alimentos ricos em gordura e calorias quando se sentem sob pressão. Esta foi a conclusão de pesquisadores ingleses em estudo publicado na "Psychosomatic Medicine" que alerta que o estresse pode ser o maior inimigo de pessoas em dieta. Os cientistas entrevistaram 68 pessoas sobre suas preferências alimentares e atitudes em relação à alimentação. Com base nessas informações, as pessoas foram descritas como consumidores emocionais e não-emocionais e consumidores controlados e não-controlados. "Existe evidência crescente de que o estresse deve afetar a saúde não só através de seus efeitos biológicos diretos, mas também através de mudanças em comportamentos que influenciam a saúde, como a escolha alimentar” , disse Jane Wardle, coordenador da pesquisa.

Wardle e sua equipe sugerem que alimentos ricos em carboidratos, como biscoitos e tortas, devem influenciar substâncias químicas cerebrais que afetam o humor. Desse modo, pessoas propensas ao estresse devem escolher esses alimentos como uma forma de lidar com seus sentimentos.

Teste

Para realizar o experimento, os participantes foram divididos, ao acaso, em duas categorias: estressados e não-estressados. Foram dados dez minutos àqueles no grupo estressado para preparar um discurso de quatro minutos a ser entregue após o almoço. Para aumentar a pressão, eles foram avisados de que seu discurso seria filmado e avaliado. Aqueles grupos não-estressados assistiram a uma breve apresentação antes do almoço. Durante a refeição, os pesquisadores analisaram as escolhas alimentares dos participantes. Consumidores emocionais do grupo estressado tenderam a comer mais alimentos ricos em calorias e gordura, como bolo e chocolate, comparados a consumidores não-emocionais no grupo não-estressado. O estresse não pareceu influenciar as escolhas alimentares de consumidores controlados. Além disso, mais mulheres foram descritas como consumidores emocionais e controlados, em comparação com homens.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: