Publicidade

Notícias de saúde

Campanha da Camiseta Contra Câncer de Mama Ganha Nova Edição

BRASÍLIA (Reuters) - O Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC) e a Associação Brasileira da Indústria Têxtil oficializaram uma parceria na segunda-feira em Brasília para a realização da campanha contra o câncer de mama.

Com a presença do ministro da Saúde, José Serra, e a top model Gisele Bundchen, principal garota-propaganda da campanha, o evento tentou alertar para a necessidade da conscientização, prevenção e controle do câncer de mama, que segundo o IBCC é a primeira causa de morte por câncer entre as mulheres do país.

O ministro destacou que a campanha é importante porque valoriza "o momento do auto-exame".

A campanha existe no país desde 1995 e até o momento arrecadou 6 milhões de dólares com a venda de camisetas que custam atualmente 22 reais cada, disse o diretor de desenvolvimento do IBCC, Onésimo Affini Junior.

"Pretendemos vender 700 mil camisetas este ano contra 600 mil em 99", disse ele, ressaltando que a venda de camisetas é uma das formas de financiamento do instituto que foi fundado em 1968 em São Paulo. Segundo Affini, o centro atendeu a 140 mil pessoas no ano passado e realizou cerca de 3.500 cirurgias.

A campanha "O Câncer de Mama no Alvo da Moda" surgiu por primeira vez nos EUA em 1994 com a morte da jornalista de moda Nina Hyde. Foi nesse ano que o Council of Fashion Designers of America, "Conselho de Estilistas dos EUA", desenvolveu a primeira campanha sobre a doença, comercializando camisetas com o logotipo do alvo em tons de azul criado pelo estilista Ralph Lauren.

O Brasil foi o primeiro país depois dos EUA a adotar a campanha que hoje é realizada em outros sete países: Inglaterra, Grécia, Argentina, Israel, Canadá, Austrália e Islândia.

De acordo com Affini, 100 mil novos casos de câncer de mama são detectados por ano no Brasil.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: